Abril 9, 2021

Manter a saúde quando se trabalha em casa: 8 dicas

Dicas de saúde para quem trabalha em casa incluem princípios básicos de bem-estar, como uma dieta nutritiva e exercícios regulares. No entanto, também é importante abordar os desafios psicológicos e sociais do trabalho remoto, como a solidão e as linhas confusas entre o trabalho de uma pessoa e a vida doméstica. Neste artigo, exploramos como manter o bem-estar ideal enquanto trabalha em casa.

 

Desafios de trabalhar em casa

high functioning depression woman working feature 1320W JR 1

Embora o trabalho a partir de casa tenha as suas vantagens, também apresenta uma série de desafios:

  • Sentimentos de isolamento
  • Dificuldade em permanecer motivado
  • Ter que gerenciar interrupções
  • Encontrar um equilíbrio entre vida pessoal e profissional
  • Evitar o esgotamento/burnout
  • Dificuldade em manter hábitos alimentares saudáveis
  • Dificuldade em obter o nível recomendado de actividade física

A importância de ficar em casa

Durante a pandemia de COVID-19, a maioria das pessoas que conseguem fazer seu trabalho remotamente está a trabalhar em casa.

Ficar em casa tanto quanto possível reduz muito a exposição de uma pessoa ao novo coronavírus. Consequentemente, é fundamental para reduzir o risco de contrair o vírus e prevenir sua propagação.

Algumas pessoas podem ter visto trabalhar em casa como um luxo antes da pandemia. No entanto, agora se tornou uma necessidade para muitas pessoas porque é uma estratégia-chave para aumentar a segurança.

Lista de dicas de saúde em casa

Como os desafios de trabalhar em casa podem afectar a saúde física, social e psicológica, é benéfico tomar medidas para manter todos os aspectos do bem-estar. Isso pode incluir o seguinte:

1.Fazer uma dieta saudável

De acordo com o Instituto Nacional do Coração, Pulmão e Sangue (NHLBI), uma dieta saudável é aquela que enfatiza alimentos nutritivos, como frutas, vegetais, grãos integrais e lacticínios com baixo teor de gordura.

O NHLBI observa que também inclui ovos, feijão, nozes, peixes, aves e carne magra, enquanto limita os alimentos ricos em açúcar e sal. Uma dieta saudável também limita os alimentos ricos em gordura saturada, como cortes gordurosos de carne vermelha, e gordura trans, como alimentos processados.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC)  recomenda não saltar nenhuma refeição, incluindo o pequeno-almoço. Pessoas com poucas distracções em casa podem descobrir que estão mais conscientes da fome do que estariam no local de trabalho. Esses indivíduos podem manter lanches saudáveis, como frutas, à mão para evitar petiscar com batatas fritas.

Mas, na realidade, como já é do conhecimento geral, a dieta vegetariana é a mais adequada para a sua saúde e do planeta. Para poder explorar mais, visite o site  “The Physicians Committee for responsible Medicine”, uma fonte confiável e mais actualizada sobre as formas eficazes de se nutrir, para que tenha uma vida saudável respeitando os ecossistemas.

2. Mantenha-se hidratado

Beber bastante líquido é essencial para prevenir a desidratação, uma condição que pode levar à obstipação e alterações de humor, observa o CDC

A água é a melhor escolha de bebida, mas beber quantidades moderadas de café e de chá também é aceitável. É melhor evitar bebidas açucaradas, como refrigerantes, bebidas energéticas e sumos de fruta.

3. Agende fazer exercício regularmente (e cumpra!)

Fazer exercício tem benefícios físicos e psicológicos. O Departamento de Segurança Interna (DHS) sugere que, devido a esses efeitos positivos, uma pessoa pode querer considerar a substituição do tempo que gastaria no trajecto até ao trabalho e vice-versa, para praticar exercício.

Por exemplo, uma pessoa pode dar uma caminhada rápida na sua área local ou exercitar-se com um vídeo de condicionamento físico ou aplicativo móvel.

Além das sessões de exercícios, o DHS aconselha a incorporação da actividade física na jornada de trabalho. As pessoas podem fazer isso controlando o ritmo durante as chamadas telefónicas ou colocando lembretes no calendário em intervalos regulares para fazer algumas flexões ou algo mais eficaz como alongamentos.

Sempre que possível, use uma mesa de pé em vez de uma sentada, o que pode ajudar as pessoas a evitarem longos períodos de inatividade física.

4. Configure o escritório em casa para uma postura e conforto ideais

Configurar um escritório em casa de forma a promover uma boa postura pode prevenir dores nas costas.

O CDC descreve a cadeira de escritório ideal como uma com apoios para os braços e uma altura de assento que permite que os pés repousem totalmente no chão. A bacia e os joelhos de um indivíduo devem estar ligeiramente acima de um ângulo de 90 graus. Pode desejar investir em uma cadeira que suporte a curvatura da parte inferior das costas.

O lugar ideal para colocar um monitor de computador é a distância de um braço, com a parte superior do monitor ao nível dos olhos ou abaixo deles. Aumentar o tamanho da fonte conforme necessário pode reduzir o cansaço visual.

5. Manter um equilíbrio entre vida pessoal e profissional

Quando as pessoas trabalham em casa, os limites entre o trabalho e a vida doméstica podem ficar confusos. Por esse motivo, ajuda a definir os limites do espaço, ao incluir um espaço de trabalho separado com sua própria porta, se possível.

A American Health Information Management Association (AHIMA) incentiva as pessoas a estabelecerem limites de tempo na forma de uma agenda de trabalho diária. Indicam que isso deve incluir um intervalo para o almoço, um intervalo matinal de 15 minutos e um intervalo vespertino de 15 minutos.

As pessoas podem fortalecer a divisão entre trabalho e vida doméstica, tentando esquecer o trabalho após o horário de expediente. Alguns pesquisadores observam a importância de se desligar mentalmente do trabalho e se concentrar no relaxamento no final de um dia de trabalho. 

6- Siga uma rotina diária

O CDC recomenda também aderir a uma rotina de vida diária fora do trabalho, dizendo que isso pode ajudar a reduzir a sensação de stress Essa rotina inclui ir para a cama e acordar de manhã no mesmo horário todos os dias. Também é importante permitir ter tempo suficiente para dormir. A maioria das pessoas precisa de pelo menos 7 horas de sono de boa qualidade.

7. Faça conexões pessoais

Trabalhar remotamente pode tornar mais difícil para as pessoas conectarem-se com os seus colegas de trabalho a um nível pessoal. Quando as pessoas trabalham com outras num local compartilhado, a socialização acontece naturalmente. Por outro lado, quando os indivíduos trabalham remotamente, tendem a ficar sozinhos a maior parte do tempo, e a socialização não acontece tão naturalmente. Os pesquisadores incentivam as pessoas da a iniciar e participar de conversas com colegas de trabalho que não tenham nada a ver com negócios. Pessoas que moram com parentes ou colegas de casa também podem evitar a solidão aproveitando as oportunidades de passar tempo com eles. Os membros da família podem fazer coisas juntos, como comer, jogar ou assistir a um filme. Ao caminhar, a pessoa pode convidar um ente querido para o acompanhar. Também é importante reservar um tempo para conectar-se com os amigos e familiares que moram noutro lugar. Podem falar com outras pessoas ao telefone ou usar serviços de chat de voz ou vídeo online, como Zoom ou o Google Meet. Se uma pessoa está a passar  por sentimentos de stress ou isolamento que parecem opressores, pode querer falar com um terapeuta.

8.Reduza o stress praticando mindfulness 

O Mindfulness pode ajudar com o stress de trabalhar em casa, observa um artigo.  Essa prática envolve prestar atenção ao que está a acontecer no momento presente. Por outras palavras, uma pessoa que o mindfulness observa uma experiência sem fazer um julgamento sobre ela. Os autores afirmam que praticar mindfulness pode aumentar a objectividade. Pode permitir que um indivíduo apenas observe pensamentos e sentimentos negativos, em vez de se enredar neles.

Resumo

As dicas de saúde para trabalhar em casa incluem uma dieta saudável e exercícios regulares. Eles são importantes, independentemente de onde se trabalhe. No entanto, trabalhar remotamente pode envolver outras dificuldades que um indivíduo pode não encontrar num ambiente de trabalho tradicional. Cada um pode recorrer a várias medidas para aliviar esses problemas e apoiar o seu bem-estar mental e emocional.

Tradutora/adaptadora do artigo

Sónia Lucas, Hipnoterapeuta Clínica pela London College of Clinical Hypnosis , membro e faz parte dos Órgãos sociais da AHCP – Associação de Hipnose Clínica de Portugal,  onde pode ver a lista dos Hipnoterapeutas clínicos autorizados a exercer a prática em Portugal e que têm supervisão clínica

Artigo original/original article